A lição do granjeiro

foghorn_leghorn.jpg

Não gosto muito de republicar textos, especialmente textos já publicados em outros blogs. Mas, aproveito um comentário de José Rosa para dar continuidade à linha de “parábola acadêmica” iniciada há uma semana.

O texto a seguir, publicado originalmente por Rubem Alves, foi reproduzido em um artigo do ZÉducando há pouco mais de três anos, quando respondi com um texto de Max Gehringer sobre a cultura do excesso de talento.

Continue lendo

Aprendendo com coelhos, raposas e lobos

thesis_editing_hat.jpg

Dizem que os bons professores ensinam o tempo todo. Para eles, qualquer coisa é motivo para mais uma lição.

Estive conversando com um amigo sobre meu futuro acadêmico e ele aproveitou para me contar uma fábula que ensina uma coisinha ou outra sobre a vida acadêmica. Pesquisei mas não consegui encontrar a origem e autoria desse texto, que possui várias versões na internet.

Sendo assim, combinei um punhado delas (algumas em português, outras em inglês) no texto a seguir:

Continue lendo

Dia dos professores 2010

teachers_apple.jpg

E eis mais um dia dos professores. Mais uma vez, encontro dificuldade em encontrar algo que enalteça a função do mestre na sociedade moderna.

Portanto, ao invés de mensagens para o dia dos professores, tentarei atender à determinação acima, em duas etapas…

Primeiro, um excelente texto para reflexão, a fim de enaltecer a função do mestre:

Continue lendo

A coragem de ser responsável

crianca_agressiva.jpg

Ensinar exige coragem.

Na sala de aula, o conteúdo deve ser útil, não apenas naquele momento, mas, principalmente no futuro, quando o aluno entrar no mercado de trabalho. Também é necessário ensinar ao aluno como reciclar aquele conhecimento sozinho, porque o professor dificilmente estará com ele quando isso for necessário.

A facilidade de acesso a informações proporcionada pela internet multiplicou a necessidade de manter-se atualizado de forma impressionante. O professor precisa ainda ter tato e paciência para lidar com as discordâncias dos alunos, nem sempre devidamente polidos. Também deve estar preparado para admitir que desconhece a resposta a uma pergunta, ou ainda, que cometeu um erro.

Parece difícil? Educar seus próprios filhos, a boa e velha educação doméstica, pode ser ainda mais desafiador.

Continue lendo

A leitura como chave para o sucesso

conhecimento.jpg

Há três semanas atrás, faleceu José Saramago, o único escritor de língua portuguesa a ganhar o Prêmio Nobel de Literatura. Conheço pouco de sua obra, li apenas um de seus livros, Caim. Seu estilo era bastante incomum, causando estranhamento aos iniciantes. Mas, o humor irônico compensa facilmente o esforço inicial. Agora estou ansioso para ler Ensaio Sobre a Cegueira e as Intermitências da Morte.

Continue lendo