Pendrive contaminado…

virus_infected.pngQuando escrevi sobre pendrives como vetores de contaminação, verifiquei os pendrives que costumo usar com freqüência porque, apesar de usar Linux em casa, ainda preciso usar Windows no trabalho e na faculdade.

Na época, não achei nada. Mas ontem, ao preparar uma prova final de Informática Básica, peguei um Jumpdrive de 1GB antigo que estava “encostado” e encontrei, no diretório raiz, os arquivos abaixo:

  • autorun.bat;
  • autorun.bin;
  • autorun.inf;
  • autorun.reg;
  • autorun.txt;
  • autorun.vbs; e
  • autorun.wsh.

Todos com data de agosto de 2007, certamente a última vez que usei aquele pendrive. Como não uso máquinas Windows em casa, não fiquei preocupado mas, por via das dúvidas, passei o avast! 4 Linux Home Edition: limpo!

Tranqüilidade é outra coisa…

Ubuntu em forense computacional

O Ubuntu continua com seus planos para “dominar o mundo”™…

Paulo Neukamp propôs, em seu trabalho de conclusão de curso (TCC), uma distribuição do Ubuntu voltada para forense computacional (ciência responsável por investigações digitais).

O nome da distribuição, até o momento, é FDTK-Ubuntubr. Como toda nova distribuição, sua apresentação ainda está em evolução. O site, por exemplo, tem ainda muitas páginas em construção. Mas já traz contribuições para:

  • a área acadêmica (claro!);
  • a área de segurança – ferramentas acessíveis e amigáveis são sempre bem-vindas;
  • o Ubuntu – passar a ser conhecida como uma distribuição amigável e poderosa não seria nada mal…
  • a comunidade Linux brasileira – uma distribuição com um nicho bem definido também seria bem-vinda, principalmente depois das reflexões sobre semelhanças entre as distribuições e do apelo do BR-Linux: […] resista à tentação de dar o nome de Mapinguari Linux ao Live CD e enviar para cá um anúncio de lançamento da nova distribuição nacional que você acaba de criar

O TCC e vários outros trabalhos sobre forense computacional podem ser obtidos na página do prof. Evandro Della Vecchia Pereira na Unisinos.

TomZé, obrigado pela dica!

Lista de compatibilidade Linux 2007

tux.jpg

Durante o mês de julho, o BR-Linux realizou uma pesquisa com o objetivo de atualizar a lista de equipamentos e acessórios compatíveis com o Linux.

Eu gostei muito da idéia mas, apesar de gostar de Linux, acabei esquecendo de divulgá-la aqui…

Acontece que, agora, há uma forte campanha de divulgação: há sorteio de prêmios e doações para a Wikipedia ou o WordPress! A causa já era nobre, com incentivos como esses…

Ajude a divulgar a lista brasileira de equipamentos e serviços compatíveis com Linux
…e concorra a MP4 e MP3 players, mochilas Targus, períodos de VoIP grátis e até a ventiladores USB – além de contribuir automaticamente para doações para a Wikipedia e o WordPress! O BR-Linux coletou mais de 12.000 registros de compatibilidade de equipamentos e serviços (webcams, scanners, notebooks, …) na sua Pesquisa Nacional de Compatibilidade 2007, e agora convida a comunidade a ajudar a divulgar o resultado. Veja as regras da promoção no BR-Linux e ajude a divulgar – quanto mais divulgação, maior será a doação do BR-Linux à Wikipedia e ao WordPress.

Linux não é difícil…

tux.jpg

Encontrei, no blog de Daniel Santos, um artigo que ajuda os iniciantes a perderem o medo do Linux.

Há outro, no blog de Rafael Gimenes, defendendo que Linux é para qualquer um e não apenas “micreiros”.

Eis os trechos que considero mais interessantes:

Continue lendo

Fontes no Ubuntu 6.10

ubuntu.png

Há algum tempo, descrevi como instalar algumas fontes da Microsoft no Ubuntu 6.10.

Complementando aquela dica, para instalar uma fonte personalizada (precisei instalar a fonte usada no desenho Os SimpsonsAkbar), basta:

  1. abrir a barra de endereços do nautilus, pressionand Ctrl+L;
  2. digitar fonts:/// – será exibida um diretório contendo todas as fontes do sistema;
  3. arrastar ou colar, neste diretório, a fonte a ser instalada.

A nova fonte será instalada em .fonts, no diretório do usuário. Bem prático!

A título de curiosidade, a fonte usada no logotipo do Ubuntu pode ser instalada via apt-get:

sudo apt-get install ttf-ubuntu-title