Humble… Bundle… Ação!

humble_frozenbyte_bundle.jpg

Tudo indica que as campanhas Humble Bundle fizeram tanto sucesso que a iniciativa agora será repetida com mais frequência. Talvez o Linux comece a ser considerado como plataforma de jogos, afinal!

Acabei de conhecer (e de adquirir) o novo pacote Humble Frozenbyte Bundle. Em linhas gerais, a campanha continua igual:

  • parte da renda será destinada a instituições de caridade (Eletronic Frontier Foundation e Child’s Play Charity);
  • os jogos são compatíveis com Linux, Windows e MacOS;
  • os jogos não têm proteção contra cópias;
  • o preço continua escolhido livremente pelo comprador; e
  • os usuários Linux continuam pagando mais que os usuários Windows e MacOS.

Continue lendo

Boa opção de presentes para o Natal!

Os usuários Linux que gostam de jogos tiveram boas oportunidades em 2010. Em maio, a Wolfire Games, em conjunto com outros produtores de jogos, apresentou o Humble Indie Bundle, um pacote de cinco jogos muito bons por preço livre. Em agosto, foi a vez de a Amanita Design fazer uma promoção com o excelente Machinarium.

Agora, provavelmente devido ao resultado obtido na primeira promoção, foi lançada a The Humble Indie Bundle #2. Mais uma vez, são cinco jogos sem DRM, compatíveis com Linux, Windows e MacOS e com o preço escolhido livremente pelo comprador.

humble_indie_bundle_2.jpg

The Humble Indie Bundle #2: mais uma vez, um ótimo pacote de jogos

Continue lendo

Os melhores antivírus para Windows em 2010

antivirus.jpg

Tenho usado o Linux há quase cinco anos e estou muito satisfeito. Uma das razões para minha satisfação é que o Linux é um sistema operacional bastante seguro: nas principais distribuições (como Fedora, openSuse, Debian, Mandriva, Slackware e Ubuntu, por exemplo), as configurações de fábrica já provêm um nível de segurança aceitável.

Não digo que o Linux seja imune a ameaças como alguns afirmam por aí; nenhum sistema operacional é. Mas, em muitos casos, alguns cuidados simples por parte do usuário dão uma certa tranquilidade quanto a vírus, cavalos de tróia e outros malwares existentes. Como por exemplo: não usar a conta de administrador rotineiramente, apenas executar programas e scripts obtidos de fontes seguras, manter o sistema atualizado e ler com atenção as mensagens do sistema antes de clicar no botão “OK”.

Entretanto, relembrando meu tempo de usuário Windows e, como forma de auxiliar aqueles que ainda usam esse sistema operacional, apresento a classificação das principais ferramentas de segurança segundo o instituto de pesquisa alemão AV-Test.

Continue lendo

Machinarium: bom, bem feito e barato!

Em maio, fiquei muito surpreso ao descobrir um pacote de jogos para Linux. Jogos para Linux existem muitos, qual a novidade?

Bem, esses jogos não eram jogos desenvolvidos para Windows adaptados para rodar no Linux, eram jogos desenvolvidos também para essa plataforma. A Wolfire Games criou um pacote, chamado The Humble Indie Bundle, composto de cinco jogos de raciocínio (World of Goo, Aquaria, Gish, Lugaru HD e Penumbra Overture) e o ofereceu por valor livre. Ou seja, o comprador definia o valor que desejava a pagar por um pacote de jogos que, separados, custariam cerca de 80 dólares.

humble_indie_bundle.jpg

Humble Indie Bundle: um ótimo pacote de jogos

Continue lendo

Ubuntu e Jabulani

jabulani_ubuntu.jpg

No último dia 11, começou a Copa do Mundo 2010. Durante um mês, todas as conversas serão relacionadas a futebol de alguma forma, como bem sintetiza uma charge no ZÉducando.

Para não fugir à regra, aproveito a estréia da Seleção Brasileira para escrever sobre dois assuntos que me chamaram a atenção.

Continue lendo