Tempos polarizados

O mundo anda cada dia mais extremista! Tanto que, quando alguém ingenuamente tenta intermediar uma discussão para ajudar os participantes a chegarem a um meio termo (ou pelo menos respeitarem a opinião do outro), normalmente é atacado por aqueles que antes discutiam…

E ainda tem aqueles que chamam o ingênuo de “cinzentão”…

Visão conjugal

Atualmente estamos muito centrados em nós mesmos e em nossos “maravilhosos telefones”. Não é à toa que têm surgido tantos conflitos de relacionamento… Até as discussões passaram a ser digitais!

Estava conversando com um colega e me lembrei desse cartum que vi outro dia…

Acho que um relacionamento melhora muito quando nos lembramos que as características que nos apaixonaram na pessoa amada só afloram quando a tratamos como nossa parceira

Idiossincrasias femininas

As mulheres são impressionantes: elas fazem várias coisas simultaneamente, mantém a ordem na casa, preocupam-se com a carreira e com a família… E tudo isso sem perder a autoridade!

Quando são mães então…

willtirando_brincar_la_fora.png
Fonte: Will Tirando.

Só elas para fazerem duas determinações opostas parecerem complementares!

Sem resposta…

Com o término da missão da sonda Opportunity, talvez essa história em quadrinhos, publicada em 2017 durante a comemoração dos 13 anos da missão, venha a ser refeita, para inverter os “papéis principais”…

Pensavam que a sonda Opportunity (uma recordista já naquela época) sobreviveria à sonda Curiosity (lançada em 2012), mas futurologia é assim mesmo. Além disso, achei pouco os 284 anos que consideraram necessários para o encontro.

Independentemente desses detalhes, achei muito oportuna a mensagem de alerta que ela nos passa!

Desculpem-me, eu não resisti ao trocadilho!

Pique de ano-novo

Fico impressionado com algumas pessoas que, já no começo do ano, afirmam estar transbordando energia e prontas para enfrentar todos os desafios imagináveis no novo ano. Confesso que, quando encontro uma assim, fico intimidado!

mentirinhas_1375.png
Fonte: Mentirinhas.

Aí eu lembro daquela fábula de Esopo