Pai, um porto seguro

pai_e_filho.jpg

A figura paterna é um referencial na vida da criança. A despeito da fase de contestação que ocorre na adolescência, influencia muito o comportamento e os valores do futuro adulto.

Como resume a sabedoria popular:

  • Aos 7 anos, meu pai é um ídolo;
  • aos 13 anos, meu pai está errado em algumas coisas;
  • aos 18 anos, meu pai nunca tem razão;
  • aos 22 anos, meu pai é pré-histórico;
  • aos 35 anos, meu pai está certo em algumas coisas; e
  • aos 50 anos, quanta razão tinha meu pai!

Durante toda a vida do filho, seu pai é o conselho nos momentos de dúvida, o porto seguro nas dificuldades. Como diz Artur da Távola, ser pai é saber ser herói na infância, exemplo na juventude e amizade na idade adulta do filho.

O texto a seguir, a meu ver, representa muito bem a relação pai e filho:
Continue lendo

Dia do Amigo 2011

A tirinha abaixo homenageia o Dia do Amigo como eu gosto, de forma sincera e simples:

willtirando_amigos.png
Fonte: Will Tirando.

Os nossos amigos conhecem-nos na prosperidade. Nós conhecemos os nossos amigos na adversidade.
(John Churton Collins)

Mesmo com atraso, aos meus amigos, um muito obrigado!

Basta um olhar, e tudo vale a pena

É maravilhoso quando encontramos aquela pessoa que, no fim do dia, com apenas um olhar, traz cor ao dia mais cinza e faz tudo valer a pena. Melhor ainda, quando convivemos há 4.748 dias com essa pessoa.

A tirinha abaixo, retirada do espetacular Puny Parker, reproduz bem o que digo (clique na tirinha para ver a outra versão):

parker01port.jpg

O primeiro dia de aula

parker12port.jpg

Um novo dia…

Um beijo, meu amor!

A origem do Dia das Mães

red_carnation.jpg

Em 2009, fiquei surpreso ao descobrir que o Dia das Mães não foi criado pelos comerciantes, mas por uma norte-americana há cerca de um século. Entretanto, pesquisando para o Dia das Mães deste ano, descobri que Anna Jarvis apenas organizou as comemorações do Dia das Mães (o que não é pouco): as homenagens à figura materna existiam desde a Antiguidade.

A seguir, um resumo da trajetória do Dia das Mães até os dias de hoje.

Continue lendo

Parabéns àqueles que acrescentam

jackson_do_pandeiro.jpg

José. Nome antigo, de origem hebraica, com milhões de representantes pelo mundo afora. Já nomeou igualmente ricos e pobres.

Parece que atualmente muitas mães preferem nomes mais “chiques”… Mas, apesar das inúmeras modas, esse ainda é um dos nomes mais populares da língua portuguesa, indo de “José dos Santos” a José Bento Renato Monteiro Lobato, um de meus escritores prediletos.

Não sei se foi por sorte, ou se o significado desse nome (“aquele que acrescenta”) corresponde à verdade, mas quase todos os Josés que conheço, começando por meu pai, são pessoas dignas de admiração e respeito.

Então, aproveitarei o aniversário de um deles para homenagear a todos com uma música do repertório do Rei do Ritmo, outro José de destaque:

Continue lendo