Distribuição gratuita de livros infantis

conhecimento.jpg

Na minha opinião, aprender a ler é uma das maiores conquistas de uma pessoa. Quando aprendemos a ler, temos acesso a um enorme volume de conhecimento! São histórias, fábulas, poemas, notícias, avisos, instruções… A despeito das inovações tecnológicas, ainda não há forma mais prática e eficiente de transferir conhecimento do que ler. O livro oferece seu conteúdo de acordo com a conveniência e o ritmo do leitor. E ele ainda é paciente: repete o mesmo trecho tantas vezes quantas forem necessárias, sem reclamar.

Como resultado, eu gosto muito de livros. Prefiro os tradicionais, mas já li vários livros digitais no meu finado PDA e, provavelmente em um ou dois anos, devo adquirir um leitor dedicado como o Kindle. Passei uma boa parte de minha infância na biblioteca. Penso ser imprescindível desenvolver nos jovens o gosto pela leitura. Afinal, como disse Marco Túlio Cícero, há mais de 2 mil anos: os livros são o alimento da juventude.

Continue lendo

Os melhores antivírus para Windows em 2010

antivirus.jpg

Tenho usado o Linux há quase cinco anos e estou muito satisfeito. Uma das razões para minha satisfação é que o Linux é um sistema operacional bastante seguro: nas principais distribuições (como Fedora, openSuse, Debian, Mandriva, Slackware e Ubuntu, por exemplo), as configurações de fábrica já provêm um nível de segurança aceitável.

Não digo que o Linux seja imune a ameaças como alguns afirmam por aí; nenhum sistema operacional é. Mas, em muitos casos, alguns cuidados simples por parte do usuário dão uma certa tranquilidade quanto a vírus, cavalos de tróia e outros malwares existentes. Como por exemplo: não usar a conta de administrador rotineiramente, apenas executar programas e scripts obtidos de fontes seguras, manter o sistema atualizado e ler com atenção as mensagens do sistema antes de clicar no botão “OK”.

Entretanto, relembrando meu tempo de usuário Windows e, como forma de auxiliar aqueles que ainda usam esse sistema operacional, apresento a classificação das principais ferramentas de segurança segundo o instituto de pesquisa alemão AV-Test.

Continue lendo

Como converter de TIFF para PDF

pdf_file.png

Eu gosto do formato PDF.

Enquanto a linguagem HTML objetiva a disseminação de um documento em qualquer uma das diversas plataformas existentes, o formato PDF vai mais além e busca garantir sua reprodução idêntica. Não é necessário imaginar se uma determinada fonte existirá no sistema operacional do leitor ou se a impressora manterá o alinhamento correto de duas figuras, um arquivo PDF construído corretamente deverá ser sempre igual.

O formato apresenta algumas outras vantagens:

  • reduz o tamanho dos arquivos;
  • dispõe de vários visualizadores, a maioria, gratuitos; e
  • apesar das vulnerabilidades descobertas recentemente, é relativamente seguro, pois, quando um arquivo PDF é gerado sem malwares, dificilmente será contaminado no futuro.

Devido ao alto custo do material de impressão (tinta e papel) e às campanhas para preservação do meio ambiente, é cada vez mais comum armazenar documentos neste formato. Por essa razão, essa não é a primeira vez que escrevo sobre esse formato ou sobre ferramentas para ele.

Continue lendo

Machinarium: bom, bem feito e barato!

Em maio, fiquei muito surpreso ao descobrir um pacote de jogos para Linux. Jogos para Linux existem muitos, qual a novidade?

Bem, esses jogos não eram jogos desenvolvidos para Windows adaptados para rodar no Linux, eram jogos desenvolvidos também para essa plataforma. A Wolfire Games criou um pacote, chamado The Humble Indie Bundle, composto de cinco jogos de raciocínio (World of Goo, Aquaria, Gish, Lugaru HD e Penumbra Overture) e o ofereceu por valor livre. Ou seja, o comprador definia o valor que desejava a pagar por um pacote de jogos que, separados, custariam cerca de 80 dólares.

humble_indie_bundle.jpg

Humble Indie Bundle: um ótimo pacote de jogos

Continue lendo

Atualizado para WordPress 3.0

wordpress-upgrade.jpg

Pronto! Agora que a Copa do Mundo 2010 acabou (pelo menos para a Seleção Brasileira), voltemos à programação normal…

No último dia 17, foi lançado o WordPress 3.0 (Thelonious Monk), com várias novidades. Foi muito festejada a possibilidade de manter vários blogs em uma única instalação WordPress, e é realmente um grande avanço. Mas, como já tenho pouco tempo para manter este site, interessei-me mais pelas outras mudanças.

Continue lendo