Precisão versus exatidão

consistencia_virtude.png

Hoje vi duas pessoas conversando sobre algumas contas (acho que tinha algo a ver com chocolate) e achei interessante como no dia a dia as pessoas costumam usar, como sinônimas, palavras com sentidos originalmente diferentes.

Já vi essa confusão com as palavras “teoria” e “hipótese” e uma das divergências de hoje era justamente se “exatidão” e “precisão” significavam a mesma coisa…

Talvez parte do problema decorra de, no intuito de abranger os diversos usos possíveis, os dicionários exibirem as definições formais (e mais corretas) e, em seguida, apresentarem essas palavras como sinônimas entre si. Por exemplo:

pre·ci·são (substantivo feminino)
Rigor no registro e na definição do valor, do peso ou da medida de algo; exatidão.
[…]

(Dicio, Dicionário Online de Português)

e·xa·ti·dão (substantivo feminino)
[…]
Exposição rigorosa, precisa, do que foi submetido a avaliação; precisão: escreveu com exatidão o testemunho.

(Dicio, Dicionário Online de Português)

Paciência! Precisamos interpretar com calma e lembrar que nem todos os sinônimos são perfeitos

De qualquer forma, tecnicamente falando, “precisão” significa a capacidade de uma ferramenta de registrar o mesmo resultado, quando se avalia diversas vezes o mesmo objeto, sob as mesmas condições. A precisão está relacionada às incertezas aleatórias da medição e decorre da qualidade da ferramenta utilizada.

Por outro lado, “exatidão” é a capacidade de uma ferramenta de dar respostas próximas ao valor verdadeiro do objeto avaliado. É a capacidade que uma ferramenta tem de fornecer um resultado correto. A exatidão está relacionada às incertezas sistemáticas da medição e decorre da calibração do instrumento.

precisao_vs_exatidao.png

Sendo assim, termos “precisão” e “exatidão” possuem significados diferentes:

  • uma ferramenta precisa e inexata é capaz de fornecer vários resultados muito próximos ou até mesmo iguais, mas incorretos;
  • por outro lado, uma ferramenta imprecisa e exata, é capaz de fornecer resultados corretos, mas com uma grande variação entre eles, sendo necessário um grande número de medições para obter um resultado médio confiável e estatisticamente válido.

Assim, a ferramenta confiável deve ser precisa e exata: apresentando sempre dados o mais próximos possível do valor correto e com pouca variação entre eles. Ou seja, apresentar consistentemente dados corretos.

Por falar em consistência, lembrei da imagem abaixo:

consistencia_virtude.png

Deixe um comentário:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.