Você sabe com quem está falando?

mystery_man.jpg

Você conhece Peter Steiner?

Ele é um novelista norte-americano, autor de quatro livros de mistério, mais conhecido por seu trabalho como cartunista do The New Yorker. Mais especificamente, por um cartum sobre a internet publicado há quase vinte anos, em 5 de julho de 1993.

Continue lendo

Como implementar decorações automáticas?

caladryl.jpg

A pedido de minha esposa, alterei a decoração do site para homenagear o Outubro Rosa.

Alterei apenas alguns detalhes como a cor de fundo, a cor de seleção de texto e a cor dos links. A ideia é marcar a data sem impactar demais no layout do site.

Aproveitei para criar uma rotina para ativar as decorações de forma automática todo dia 1º de outubro. Esse artigo documenta essas mudanças.

Continue lendo

Como obter uma marca temporal (timestamp) no Excel

msoffice_jigsaw.jpg

Existem situações em que precisamos inserir a data (ou hora) atual em uma planilha: no cabeçalho de uma nota fiscal, em um recibo de pagamento de empregado, em uma folha de ponto, etc. Para esses casos, existe a função AGORA().

Facílima de usar (não precisa nem de argumentos!), a função retorna a data e a hora atuais no computador em formato numérico, com cada unidade correspondendo a um dia e a parte decimal correspondendo a horas, minutos e segundos. Apesar de simples, é muito usada, por exemplo, no cálculo de horas extras.

O valor retornado por essa função é atualizado automaticamente de forma a apresentar a data e a hora atuais. O problema é que, às vezes, precisamos de registro de data e a hora sem atualização. Essas data e hora armazenadas de forma histórica são conhecidas como “marca temporal” (ou timestamp, em inglês).

Encontrei basicamente três formas de resolver essa dúvida de um leitor: usando macros, usando atalhos de teclado e usando referências circulares. Como não gosto de usar macros (dificultam a portabilidade da planilha entre os diversos aplicativos existentes), este artigo abordará apenas as outras duas opções.

Continue lendo

Basta pensar fora do quadrado

calculos_donald.jpg

Faz bastante tempo que não escrevo nada sobre planilhas de cálculo (Excel ou Calc, tanto faz). Tenho respondido dúvidas nos comentários, mas não tenho tido tempo de escrever nenhum artigo novo.

Entretanto, hoje surgiu uma dúvida no artigo Exercício de Excel que resolvi compartilhar. Sua solução é simples (trivial, diria um antigo professor meu), mas a questão é interessante porque, mais do que testar o conhecimento das funções, testa o conhecimento matemático e a capacidade de “pensar fora do quadrado”.

Segue uma versão ligeiramente adaptada (a original pode ser conferida no artigo):

Considere o conjunto de 20 células com os valores a seguir: 123, 234, 345, 456, 567, 678, 789, 765, 654, 543, 432, 321, 134, 145, 156, 167, 178, 189, 987 e 876.

Como podemos contar os números maiores que 150 e menores que 500 utilizando a função CONT.SE em apenas uma única célula?

Continue lendo

Resolução de ano-novo: ter mais cuidado com e-mails falsos!

padlock.png

Hoje é o último dia do ano, estou me preparando para o réveillon e preferia não publicar nada mais sério do que uma bonita mensagem de feliz ano-novo. Infelizmente, parece que scammers não descansam… E não deixam ninguém descansar!

Recentemente, tem havido um aumento no número de mensagens de phishing. Muitas são as costumeiras mensagens de instituições bancárias mas, creio eu, a maioria das pessoas aprendeu a ignorá-las.

A novidade agora são falsas mensagens de programas de fidelidade, de milhas aéreas a cartões de crédito… Pelo menos desde 2004 malfeitores tentam roubar milhas aéreas por e-mail aqui no Brasil. Mas essa nova geração de mensagens é mais rebuscada, mais difícil de detectar!

Essa semana, recebi quatro mensagens falsas, três da TAM e uma da Cielo (máquinas de cartões de crédito). Vou reproduzi-las a seguir, apontando os detalhes que servem como indícios (destacados nas reproduções das mensagens).

Continue lendo