A teoria do fundo preto

Soube de uma nova campanha ecológica: economizar energia nas páginas web.

Segundo a Energy Star, num monitor CRT, uma página toda branca consome por volta de 74 watts de energia, enquanto uma página toda preta consome em torno de 59 watts. Portanto, páginas com cores mais escuras, seriam mais econômicas, zelando pelo planeta.

Esse é o fundamento da Blackback web theory, campanha que gerado rebuliço na internet. Já há, inclusive, uma paleta (conjunto de cores), chamada Emergy-C, proposta pela campanha:

emergy-C

Gostei da idéia! Mas estudos provam que a leitura de texto com letra escura e fundo claro é mais confortável que a de texto claro com fundo escuro (FREITAS, 1999)…

Por isso, enquanto penso como implementá-la aqui, mudei algumas das cores para ajudar a campanha…

Mudança de servidor – parte 2

http.jpg

Pronto! Os servidores DNS foram atualizados. Oficialmente o site já está no provedor novo. A título de curiosidade, atualizei a FAQ listando alguns provedores de hospedagem que posso recomendar.

Quanto a planos futuros, estou pensando em usar parte desses 300GB para deixar o Gmail com inveja…

Sério agora. Peço àqueles que encontrarem problemas (links quebrados, scripts com defeito, etc.) que me avisem. Ok?

Mudança de servidor

http.jpg

Apesar de gostar muito do meu provedor atual, estou precisando de um provedor que dê suporte ao banco de dados PostgreSQL e ao PHP 5.

Como meu contrato vence no próximo dia 1º de junho, fui escolher um novo. Terminei optando por um provedor mais profissional, que oferece muito mais espaço e volume de transferência mensal, apesar de um pouco mais caro. Além disso, o registro do domínio durante primeiro ano já está incluído no preço.

Voltando ao assunto, meu erro foi achar que a transferência seria fácil e, por isso, resolvi fazer a migração do WordPress 2.0.10 para a versão 2.2 e ainda fazer a mudança de domínio. Tudo de uma vez só!

Tirei o site do ar para evitar mudanças no banco (estatísticas de acessos e comentários) pensando que retornaria em cerca de duas horas.

Resultado: depois de dois dias fora do ar, estou reativando o site. Melhor ficar com as estatísticas incorretas! Mas, por via das dúvidas, vou manter os comentários bloqueados temporariamente…

Scooby-doo, onde está você?

vergonha_1.jpg

Há 36 dias não escrevo nada aqui no site. Desobedeci a uma das principais regras de um blog: escreva com regularidade!

Tenho respondido os comentários e tenho iniciado muitos rascunhos de artigos, mas escrever que é bom…

Não é nada grave, muito menos problema de saúde. Apenas preciso concluir um projeto particular e não tenho tido muito tempo para mais nada. As idéias que surgem estou arquivando, ora como rascunhos, ora numa “To Do List”. Eis alguns itens:

  • instalar a nova versão do Ubuntu, refiro-me a instalar “do zero” porque não resisti e fiz um upgrade;
  • atualizar as extensões do WordPress para, finalmente, migrar para a versão 2.1 (ou a 2.2, pelo que tenho lido);
  • fazer uma avaliação das perspectivas do GNU/Linux, mais especificamente o Ubuntu, depois do lançamento do Vista;
  • comentar sobre normas ABNT (tenho trabalhado muito com elas);
  • refletir sobre salários das diversas profissões no Brasil;

Bem, essas são as explicações para o meu “sumiço”. Sei que explica, mas não justifica, mas agora minha consciência está mais tranqüila…

PS: Vou aproveitar e reproduzir um artigo interessante sobre vendas que encontrei no Fórum PCs

Novo tema

webdesign.png

Ao contrário da maioria dos blogueiros, não comecei este site usando um tema pronto. Personalizei o tema Impact Switcher 2.0, da Abelgraphics. Acho que ficou muito bom, exceto por alguns detalhes:

  1. havia pessoas que ainda “se perdiam” navegando pelo site;
  2. comecei a achar a aparência meio poluída;
  3. as páginas demoravam mais de 10s para baixar (em banda larga!); e
  4. as páginas tinham cerca de 150kB.

Resolvi, então, criar um tema a partir do zero. Levei cerca de dois meses (nas horas vagas). O resultado é o tema atual que:

  • mais espaços “em branco”, para conseguir uma aparência mais leve;
  • barra de navegação horizontal, com destaque para itens como “Material didático” e “Assinaturas“;
  • menos figuras, páginas com cerca de 100kB (33% de economia); e
  • as páginas demoram, no máximo, 9s para baixar (em banda larga).

Peço que me avisem dos possíveis problemas, e escolham (abaixo ou na barra lateral) qual a versão mais agradável:

site_v3a_screenshot
Versão anterior
site_v3b_screenshot
Versão atual

Continue lendo