Parabéns àqueles que acrescentam

jackson_do_pandeiro.jpg

José. Nome antigo, de origem hebraica, com milhões de representantes pelo mundo afora. Já nomeou igualmente ricos e pobres.

Parece que atualmente muitas mães preferem nomes mais “chiques”… Mas, apesar das inúmeras modas, esse ainda é um dos nomes mais populares da língua portuguesa, indo de “José dos Santos” a José Bento Renato Monteiro Lobato, um de meus escritores prediletos.

Não sei se foi por sorte, ou se o significado desse nome (“aquele que acrescenta”) corresponde à verdade, mas quase todos os Josés que conheço, começando por meu pai, são pessoas dignas de admiração e respeito.

Então, aproveitarei o aniversário de um deles para homenagear a todos com uma música do repertório do Rei do Ritmo, outro José de destaque:

Continue lendo

E agora: José

rena_nariz_vermelho.jpg

Então, é Natal… Época em que a maioria da população mundial teoricamente comemora o nascimento de Jesus. Teoricamente porque muitos estão mais preocupados com os presentes que vão ganhar, comprar ou vender.

Nessa época, vemos inúmeras mensagens de boa vontade, na esperança de “espalhar o amor pelo mundo”. São filmes e músicas que se tornaram temas quase obrigatórios no fim do ano. Há, inclusive, discos dedicados exclusivamente ao tema natalino como Natal Todo Dia, do grupo Roupa Nova, e uma Edição Natalina de Amarantine, de Enya.

Como o Natal é a comemoração oficial do nascimento do Cristo, as mensagens são tradicionalmente sob essa perspectiva. Contudo, quero propor uma mensagem de Natal sob a perspectiva dos pais terrenos de Jesus, mais especificamente de José, o pai adotivo.

Continue lendo