Sim, mestre!

Continuando a reflexão iniciada em Prioridades (2) e Mal da modernidade (parte 2), segue um cartum de Manu Cornet, um cartunista francês (e profissional de informática!) que eu não conhecia até agora:

manucornet_mobile_relationship.pngFonte: Bonkers World.

Gostei do trabalho dele! É bem incisivo e o traçado lembra cartuns antigos!

A vida imita a arte?

whos_watching_you.png

Nos anos 80, os filmes de terror (como Halloween – A Noite do Terror, Sexta-feira 13 e A Hora do Pesadelo) estavam em alta.

Não demorou muito para que a tendência seguisse para a música, onde o maior destaque é a inesquecível Thriller, de Michael Jackson.

Em uma outra música que seguia essa tendência, o compositor queixava-se de não ter mais privacidade e associava isso a uma imaginária situação de terror. O medo era tanto que beirava a paranóia!

Continue lendo

A metamorfose

Ando tão ocupado que há 39 dias não publico nada!

Para acabar com essa quaresma fora de data, segue mais uma genial tirinha por Will Leite:

willtirando_metamorfose.pngFonte: Will Tirando.

A minha dúvida é: a transformação foi gradual ou sempre foi assim e só parecia diferente?

P.S.: Opa, quingentésima postagem!

Exagero materno

Refletindo novamente sobre a influência da internet nas relações humanas, segue mais uma tirinha do cartunista Will Leite. Como sempre, incomodamente real…

willtirando_sai_da_internet.pngFonte: Will Tirando.

Para ser mais verdadeira, só se o filho respondesse algo como “nadavê”…