Como ter um ano mais organizado

messy_room.jpg

Feliz ano-novo a todos! Que 2014 nos traga muita saúde e paz!

Essa é uma boa época para fazer um balanço dos últimos meses e se preparar para os novos desafios que virão. Existem vários textos sobre o assunto na internet, por exemplo:

Juntando esses textos, temos algumas dicas que podem nos ajudar no nosso trabalho…

Continue lendo

Pensa que macaco é prego?

macaco_socrates.jpg

Acabei de ver um trecho de uma palestra na TEDxPeachtree sobre comportamento animal que preciso compartilhar!

Em uma experiência, dois macacos recebiam uma recompensa ao entregar uma pedra à pesquisadora. Inicialmente, um pedaço de pepino era uma recompensa mais do que satisfatória para eles.

Mas, quando um dos macacos passou a receber uma uva pela mesma tarefa, o outro (que continuava recebendo apenas pedaços de pepino) teve uma reação, no mínimo, curiosa:

Continue lendo

Como escrever um e-mail convincente?

long_list_businessman.jpg

Quando nos comunicamos, informações são transferidas entre as partes. Se a comunicação for bem-sucedida, essa transferência irá influenciar o receptor de alguma forma. Essa influência pode ser maior ou menor, dependendo de vários fatores, como o conteúdo da mensagem, as partes envolvidas, o meio e o canal usados, por exemplo.

Entretanto, em certas situações, como no ambiente profissional, a comunicação deve ser capaz de transmitir ideias e propostas – e portanto, influenciar – da maneira mais eficiente e eficaz possível.

Como fazer isso? Há várias formas, mas você pode começar seguindo essas seis dicas simples:

Continue lendo

Para onde vão as boas ideias?

Você já imaginou por que seu cérebro parece funcionar “com o freio de mão puxado” quando você está com uma daqueles dores de cabeça “de rachar”?

ruas_ideias.pngFonte: Um Sábado Qualquer.

Por experiência própria (infelizmente), posso afirmar que Carlos Ruas está certíssimo!

De onde vêm as boas ideias?

ruas_ideias.png

Imagine a seguinte situação:

Você está voltando para casa depois de um dia cansativo no trabalho.

Você passou o dia tão concentrado tentando resolver um problema do serviço, que só notou como era tarde quando seu chefe veio se despedir. Depois de deixar o problema para o dia seguinte, você só quer comer alguma coisa, tomar um bom banho e tentar descansar.

Você caminha distraído cantarolando uma música, sem prestar muita atenção na letra, quando ao dobrar a esquina, surge uma ideia em sua cabeça. Você dá um leve tapa na testa, sorri e murmura:

— Como não pensei nisso antes?

Satisfeito, você volta a caminhar, sabendo que agora sua noite será bem mais gratificante…

Quem nunca passou por uma situação parecida? Muitas vezes, depois de alguma questão ter ocupado nossa mente por um bom tempo, surge uma ideia brilhante, aparentemente “do nada”.

De onde vêm essas ideias? O que podemos fazer para torná-las mais frequentes?

Continue lendo