Será?

Evito tratar de futebol por ser um assunto ligado a paixões e, por isso, propenso a polêmicas (já basta a política…). Mas a derrota na Copa América (para o Paraguai, e depois de um fiasco de 7×1 na Copa do Mundo!), prova que a qualidade da Seleção Brasileira caiuestá caindo… continua despencando.

Os especialistas (segundo o IBGE, hoje são 200 milhões deles) apontam várias possíveis razões: baixa qualidade do técnico, baixa qualidade dos jogadores, gramado ruim, má fase, virose, má conjunção astral, etc.

Não sei se as características apontadas na charge do Kibe Loco são responsáveis pela queda de qualidade, mas é inegável que há uma grande diferença de perfil entre os jogadores de antigamente e os de hoje:

kibeloco_anatomia_jogador_selecao.png
Fonte: Kibe Loco.

Na minha opinião, essa suposta mudança de perfil pode ser apenas um sintoma de problemas que temos há algum tempo:

  • perdemos o foco – se tudo é prioritário, então nada é prioritário; e
  • estamos complacentes demais – hoje qualquer pessoa é um craque, um fenômeno ou uma fera.

O pior é que esses problemas não são apenas na área esportiva! O que você acha?

Atualização: A Argentina atropelou o Paraguai nas semifinais

copaamerica2015_argentina_paraguai.png

Será que escapamos de mais um 7×1? Dessa vez da Argentina?

4 comentários sobre “Será?

  1. Corrigindo: foi 10 a 1 e não 7 a 0! Esquecemos sempre os 3 a 0 da Holanda na sequência da Copa…

    E essa da virose ninguém acredita. Por que só falaram depois de o time ser desclassificado?

    Dessa vez ficou mais evidente a grana que corre solta nas entrelinhas da Seleção. Jogadores medíocres e desconhecidos sendo negociados por mais de 100 milhões de dólares cada…

    Como se diz no Nordeste: rapadura é doce mas não é mole não.

    Abs,

    José Rosa

  2. Eh a supervalorizacao do jogador (considerado celebridade e nao esportista) e a pouca valorizacao do esporte como espaco social, cultural e de saude. A visao mercantilista do esporte o levara a decadencia

Deixe um comentário: