Proteja seu endereço de e-mail

antispam.jpg

Não é impressão sua a sensação de que a maior parte dos e-mails é lixo. Segundo o último relatório da Symantec, 91,89% de todos os e-mails no mundo são spam.

Não, você não leu errado! Quase todos os e-mails que circulam na internet são spam (pelo menos por enquanto)! E, segundo as estatísticas, o Brasil é um dos campeões na área.

O relatório não explica porque, mas creio que uma das razões seja a falta de cuidado dos brasileiros. No Brasil, abundam apresentações em powerpoint, na maioria das vezes, mensagens de auto-ajuda ou boatos infundados, invariavelmente terminadas com um apelo para encaminhar a todos os contatos da lista.

Ao receber uma dessas mensagens, o spammer passa a contar com uma lista novinha de vítimas porque a maioria dos internautas brasileiros não costuma zelar pela privacidade do próximo:

  • usando o campo de cópia oculta; e
  • removendo os endereços de destinatários anteriores do corpo da mensagem ao enviá-la.

Duas das principais medidas preventivas são:

  • não divulgar seus e-mails a qualquer um ou a qualquer site; e
  • evitar o formato comumente utilizado (fulano@dominio.com.br), ao escrever o endereço de e-mail em páginas pessoais ou no corpo de comentários.

Mesmo assim, aqui no jlcarneiro.com, em diversas ocasiões, precisei editar comentários para proteger comentaristas incautos que informaram seus e-mails para receber ajuda. Protegi a privacidade deles mas, infelizmente, posso ter atrapalhado seus apelos…

Para evitar isso, acabo de instalar uma rotina em javascript que transforma endereços de e-mail no formato textual (fulano arroba dominio ponto com ponto br) no formato tradicional (fulano@dominio.com.br). Caso os navegadores estejam com o javascript desabilitado, o e-mail ainda será exibido no formato textual, permitindo sua exibição mas sem facilitar a vida dos spammers.

A rotina baseia-se em um artigo do HTML-Advisor e, para aqueles interessados em implementá-la em seus sites, segue o código comentado:

// expressoes regulares para busca por TODAS as ocorrencias de 'arroba' e 'ponto'
var at = / arroba /g;
var dot = / ponto /g;
// percorre todas as tags SPAN
var spans = document.getElementsByTagName("span");
var hm = spans.length;
for (c = 0; c < hm; c++) {
	// altera apenas aquelas da classe 'email'
	if (spans[c].className == 'email') {
		newcnt = spans[c].innerHTML.replace(at, '@');
		newcnt = newcnt.replace(dot, '.');
		spans[c].innerHTML = '<a href="mailto:' + newcnt + '">' + newcnt + '</a>';
	}
}

Assim como o artigo anterior, este também foi um pouco mais técnico. Entretanto, penso que as reflexões sobre spam e divulgação de endereços de e-email são interessantes para todos.

Deixe um comentário: