Programas para screencast

screencasting_monitor.jpg

Atualmente, orientar usuários a realizar procedimentos é muito trabalhoso. Na época das interfaces orientadas a caractere (p.ex. MS-DOS), era só listar uma seqüência de passos a serem seguidos.

Com as interfaces gráficas, por outro lado, o usuário precisa ver a tela, e tirar um screenshot atrás do outro para exibir cada passo do processo é tedioso. A alternativa é fazer um screencast, uma animação exibindo todo o processo a ser ensinado.

Existem dois métodos básicos para isso:

  • criar um filme do processo, a principal desvantagem é o tamanho do arquivo gerado; ou
  • criar uma animação contendo as telas e os passos do usuário, não é uma reprodução exata do que foi feito, mas ocupa menos espaço.

Encontrei um bom artigo, em português, vale a pena uma visita. Voltando ao assunto, existem várias ferramentas para screencast. Abaixo, duas gratuitas que encontrei, uma para cada método:

Camstudio

Lançado como freeware pela Rendersoft, esse programa gravava a saída de vídeo em um filme, permitindo a inclusão de uma trilha de áudio como narração. Infelizmente, a empresa foi comprada pela eHelp, por sua vez adquirida pela Macromedia, que acabou comprada pela Adobe. Resultado: o Camstudio passou a ser vendido com o nome de Captivate.

Felizmente, o Camstudio estava sob a licença GPL o que permitiu que seu código-fonte ficasse disponível no Sourceforge.net. O projeto está meio parado, mas pelo menos não foi perdido. Viram para que serve a GPL?

Para informações sobre a história do Camstudio, dê uma olhada nesse artigo do BR-Linux.org. Para maiores informações ou para obter o programa, tente esse site português, esse site francês ou a página do produto.

Um tutorial simples e direto pode ser encontrado nessa página do MEC.

Wink

Lançado como freeware pela DebugMode. Este, infelizmente, ainda não liberado sob a GPL (torçamos que a empresa não seja comprada!). Esse programa tira um screenshot a cada clique do mouse ou tecla pressionada. Depois essas imagens são exibidas em seqüência e as posições do ponteiro do mouse são interpoladas, simulando a movimentação.

Tem duas principais vantagens: é multiplataforma e o tamanho do arquivo gerado é menor.

Para mais informações, visite a página oficial (em inglês) ou nesse artigo.

Atualização em 20/06/2012:

Recentemente, encontrei uma análise de seis ferramentas para screencast gratuitas. Apesar de a maioria ser voltada para Linux, vale a pena a consulta: 6 of the Best Free Linux Screencasting Software.

Além do já citado Wink, gostei do Istanbul, uma possível alternativa ao Camstudio, e do Byzanz, que ao invés de gerar vídeos ou animações Flash, propõe-se a gerar animações GIF. Uma proposta interessante, já que, apesar de mais limitadas, animações GIF têm tamanho menor que os vídeos e menos problemas de compatibilidade que animações Flash.

Outras opções podem ser encontradas, em uma comparação de ferramentas de screencast, disponível na Wikipédia. Dentre as ferramentas apontadas, a que me pareceu mais promissora foi o Freeseer. Assim que tiver um tempo, vou experimentá-lo. Comentários sobre ele são bem-vindos!

2 comentários sobre “Programas para screencast

Deixe um comentário: