Pequenos ajustes no Ubuntu 10.04 (Lucid)

road_runner_2.gif

Instalei o Ubuntu 10.04 (Lucid Lynx), lançado no último dia 29 e gostei muito do que vi. O sistema está bem estável e a interface está mais consistente e bonita. Essa versão está mais amigável, a começar pela tela inicial do LiveCD, que agora é gráfica. Apesar disso, ainda precisei fazer alguns ajustes para colocá-lo em pleno funcionamento.

A máquina da família é equipada com uma Intel
D201GLY
que não tem aceleração gráfica. Como minhas filhas pediram efeitos mais bonitos, instalei o Cairo-Dock (uma barra de ferramentas estilo Mac OS X) e ativei o efeito de transparência no Metacity (o gerenciador de janelas do Gnome), seguindo umas dicas no Blog do Titão.

A instalação do Cairo-Dock pode ser feita pela Central de Programas do Ubuntu, no menu Aplicativos. Já para ativar a transparência do Metacity, basta:

  1. pressionar Alt-F2 e digitar gconf-editor; e
  2. acessar as opções apps > metacity > general e marcar a opção compositing_manager.

Outro pequeno problema foi com o plugin do Flash. Devido a um erro durante a instalação, qualquer tentativa de instalar (ou desinstalar) o plugin do Flash resultava na seguinte mensagem de erro:

O pacote está em um estado de inconsistência muito ruim – você deveria
reinstalá-lo antes de tentar uma remoção.

Encontrei duas soluções possíveis, como a primeira (editar o arquivo /var/lib/dpkg/status e remover a entrada relativa ao flashplugin-installer) resolveu, não sei quanto à eficácia da segunda, que parece até mais fácil e segura.

Para terminar, alguns jogos antigos, executados sob o DOSBox estavam sem som. Seguindo uma dica no fórum internacional do Ubuntu, instalei uma biblioteca que faltava:

  1. pressionar Alt-F2; e
  2. digitar gksu apt-get install libsdl1.2debian-all.

Ainda restam alguns probleminhas no meu notebook, que parou de hibernar e está exibindo uma mensagem de erro relativa ao “modo absoluto” do touchpad, que tem se comportado de forma estranha, mas ainda estou pesquisando.

Atualização em 06/05/2010:
Com relação ao touchpad, a mensagem de erro relativa ao “modo absoluto” continua sendo exibida. Mas o comportamento estranho parou quando segui a dica dada por Hamacker:

  1. abra o terminal (menu Aplicativos > Acessórios > Terminal); e
  2. digite o seguinte comando:
    sudo dpkg-reconfigure xserver-xorg-input-synaptics.

Deixe um comentário: