Os melhores antivírus para Windows em 2010

antivirus.jpg

Tenho usado o Linux há quase cinco anos e estou muito satisfeito. Uma das razões para minha satisfação é que o Linux é um sistema operacional bastante seguro: nas principais distribuições (como Fedora, openSuse, Debian, Mandriva, Slackware e Ubuntu, por exemplo), as configurações de fábrica já provêm um nível de segurança aceitável.

Não digo que o Linux seja imune a ameaças como alguns afirmam por aí; nenhum sistema operacional é. Mas, em muitos casos, alguns cuidados simples por parte do usuário dão uma certa tranquilidade quanto a vírus, cavalos de tróia e outros malwares existentes. Como por exemplo: não usar a conta de administrador rotineiramente, apenas executar programas e scripts obtidos de fontes seguras, manter o sistema atualizado e ler com atenção as mensagens do sistema antes de clicar no botão “OK”.

Entretanto, relembrando meu tempo de usuário Windows e, como forma de auxiliar aqueles que ainda usam esse sistema operacional, apresento a classificação das principais ferramentas de segurança segundo o instituto de pesquisa alemão AV-Test.

As ferramentas foram avaliadas em três critérios: proteção (detecção de ameaças), correção (correção ou eliminação da ameaça) e usabilidade (número de falsos-positivos e impacto no desempenho do computador), podendo atingir um total de 18 pontos.

O instituto analisou apenas as versões pagas de cada produto, mas o trabalho permite estimar o desempenho de alguns antivírus gratuitos como AVG, Bit Defender, Microsoft Security Essentials, Avira, PC Tools e avast!.

As páginas a seguir trazem a classificação em ordem decrescente de desempenho, com a pontuação em cada critério e um link para a análise detalhada de cada produto.

Quem desejar mais detalhes, como a classificação de antivírus para o Windows Vista, ainda não concluída quando da publicação deste artigo, pode obtê-los diretamente no site do instituto.

De forma geral, produtos tradicionais como Panda, Symantec e Kaspersky obtiveram bons resultados. Porém, dois concorrentes me surpreenderam: avast! e McAfee, que tiveram resultados bem baixos, na minha opinião

Aliás, o site da AV-Comparatives, uma organização austríaca sem fins lucrativos, contém outros comparativos de ferramentas antivírus, aparentemente mais detalhados. Os comparativos austríacos levam em consideração a versão gratuita do avast! e lhe dão resultados bem mais favoráveis. É algo para ser analisado com cuidado, mas em outro momento, com mais tempo…

2 comentários sobre “Os melhores antivírus para Windows em 2010

  1. Muito bom e útil post, parabéns mais uma vez. Essa de post com paginação achei bacana, só não sei como fazer e se no wordpress grátis isso é possível.
    Sobre a pesquisa fiquei surpreso também com o Avast, software que uso há muito tempo. Aquela da comparação do Avast pago e não-pago dá para pensar…
    Sobre o Linux acho que sua segurança ainda não foi totalmente testada, no que se refere a desktop e notebook. Com relação a servidores Linux não. Explico de forma simples: se você fosse um hacker iria se dedicar a invadir máquinas (desktop/notebook) Linux ou Windows ? A despeito de ser um sw mais seguro ainda acho que o Linux-desktop não foi testado para valer.

    • Zé,

      Para fazer um post com paginação, basta usar o “comando” <!--nextpage-->, como está explicado aqui:

      Dividir posts em páginas

      Com relação à segurança no Linux, concordo com você. Ela ainda não foi testada completamente, especialmente nos computadores de usuários finais. Mas, apesar de serem ambientes completamente distintos, o bom desempenho do Linux nos servidores me induz a confiar na segurança do Linux nos desktops e notebooks.

Deixe um comentário: