Como anda a formalidade nas formaturas?

thesis_editing_hat.jpg

Estive numa formatura sábado passado, e estive observando como essas de empresas de cerimonial estão cada vez mais profissionais.

As recepcionistas (hostesses?) do cerimonial pareciam agentes secretas daqueles filmes de espionagem: rádios com fones de ouvido, nomes e palavras-código ao falar ao rádio, chamavam as pessoas que iam entregar os diplomas para formarem uma fila com antecedência, etc. Parecia um show!

Mas, se por um lado, os cerimoniais estão ficando cada vez mais organizados, a comemoração quando o formando é chamado a colar grau está cada vez mais informal: além dos tradicionais aplausos, da ovação exagerada (compreensível) e dos recentes apitos, agora estão usando buzinas. Daquelas com uma lata de spray! E antes era uma formalidade tão grande!

Tantas pessoas ali, idosos inclusive, e eles eles buzinando no ouvido da gente! Sem a menor consideração!

Agora, a ironia: numa formatura de Direito, eles esqueceram que “o direito de um acaba onde começa o direito do outro”

Deixe um comentário: