Dia dos Professores 2009

glasbergen_outdatedtechnology.png

A conclusão do meu curso de mestrado está me absorvendo muito. Tanto que, depois do artigo do Dia “D”, o site ficou quase abandonado. Resultado: desperdicei uma boa oportunidade de recuperar muito do tráfego perdido nos últimos meses.

Não notei que o tráfego aumentou a partir da segunda semana de setembro, especialmente em virtude de um maior número de acessos ao artigo Algumas mensagens para o dia dos professores. No mês de outubro, que ainda não acabou, foram 2.089 acessos nesse artigo, sendo 1.042 apenas nos dias 14 e 15 de outubro!

2009_acessos_set-out.png

Devia ter escrito o artigo sobre o Dia dos Professores com maior antecedência para aproveitar esse interesse, mas agora é tarde. Contudo, ainda posso publicar algum material para o ano que vem…

Para começar, a bonita mensagem enviada pela Famettig:

Um mero professor apenas aponta o caminho das estrelas; um professor de verdade, ajuda a alcançá-las.
(Lídia Vasconcelos)

O TRE-BA apelou para a nostalgia:

Tenho quase certeza que o professor que lhe deixou fortes lembranças foi exatamente aquele que lhe instigou o tempo todo, lhe fez rever velhos conceitos, e preconceitos, desestabilizou a tranquilidade das suas certezas, aquele que fez ruir perspectivas que apenas lhe acomodavam em falsas esperanças, aquele que não lhe deu receitas, que não lhe passou fórmulas prontas, mas lhe fez refletir, lhe deixou uma enorme curiosidade de descobrir, de investigar, o conhecimento, a vida e suas possibilidades tão plurais.
(Nelson Pretto)

Não esperava uma mensagem desse tipo vinda do TRE. Mas, agora que vi, fiquei com uma pontinha de inveja: nunca vi isso no órgão onde trabalho

E, claro, algumas charges que encontrei e traduzi:

glasbergen_outdatedtechnology.pngOriginal por Randy Glasbergen

glasbergen_chalkboard.pngOriginal por Randy Glasbergen

zits_challenge.pngOriginal em Jacques Sauvé

3 comentários sobre “Dia dos Professores 2009

  1. Só você mesmo ZeLuis para fazer essas análises estatísticas do blog.

    Excelente o texto do Nelson Pretto, como sempre.

    Sobre esse talde ensino-aprendizagem tão estudado pelos pedagogos, uma das melhores frases que acho é esta: “A prática pedagógica é duplamente contraditória porque ela pressupõe que quem ensina sabe, quando não sabe; e quem aprende não sabe, quando, na verdade, sabe” (Antônio Vieira Pinto).

    <http://joserosafilho.wordpress.com/2008/10/18/em-homenagem-ao-dia-do-professor/>

  2. adorei as citaçoes e sobretudo as charges . tive uma breve experiência no ensino, numa escola profissional de desenvolvimento rural. quando tentava ensinar palavras “eruditas” os alunos diziam: “você pretende o quê? nos somos do campo”. Mas depois lá iam-se esforçando quando eu respondia “e eu também”.
    Cumprimentos e parabéns pelo blog

Deixe um comentário: