Cuidado com seu pendrive!

cracker.jpgJá suspeitava que isso iria acontecer mais cedo ou mais tarde. Na época dos disquetes, sabíamos que não era seguro colocar o disquete em qualquer lugar. Como eles, salvo raras exceções, foram substituídos pelos pendrives, passamos tacitamente a considerá-los imunes à contaminação…

Já os malfeitores…

Vi, no Meio Bit, a declaração de um dos editores que um parente seu havia sido vítima de uma fraude: dinheiro foi transferido de sua conta. Os dados de acesso haviam sido capturados por um malware que se instalara na máquina por meio de um pendrive usado na faculdade.

Por melhor que sejam seu antivírus e seu firewall, a melhor ferramenta de proteção ainda é o cérebro: carregou arquivos, pode ser pendrive ou e-mail, passe o antivírus!

Atualização: Acrescentada recomendação para passar antivírus (ver sugestão de José Rosa).

4 comentários sobre “Cuidado com seu pendrive!

  1. Uma maneira interessante de proteger o pendrive é criar uma pasta chamada “autorun.inf” e colocar algum arquivo lá dentro.

    Se quiser, pode colocar a pasta como read-only, hidden e system pra não ficar enchendo o saco (attrib +r +s +h autorun.inf, no prompt de comando).

    A única dúvida é se os programas não irão evoluir para pegar este pequeno truque.

Deixe um comentário: