Caso introdutório de análise organizacional

simbolo-adm.png

Mais um caso para o pessoal de OSM. O último que visa exemplificar a importância da disciplina. Este tem um enfoque mais sério, mais próximo da realidade. Deve ser trabalhado em equipe.

Caso introdutório de análise organizacional

Por Luís César Gonçalves de Araújo

osm-araujo_v1A organização X está em expansão. O presidente entende que uma reformulação é necessária e contrata um consultor de organização.

Na primeira conversa, com um dos diretores, o consultor fica surpreso ao encontrar uma infinidade de problemas. Dentre os problemas encontrados, foram relacionados os seguintes:

  • A relação de autoridade existente entre as unidades é caótica. A subordinação é indistinta. O gerente de recursos humanos dirige-se ao diretor administrativo e dele recebe ordens. Essas ordens nem sempre combinam com o que é desejado pelo diretor financeiro, e assim por diante. Contrataram um gerente de logística e ele não sabe ainda a quem se dirigir. Há um mês no cargo, já conversou e recebeu memorandos de todos os diretores e do presidente.
  • Os formulários são confusos, e o fluxo de cada um deles é tarefa a ser descoberta por alguém. Os formulários não são ruins, no que diz respeito à sua diagramação, mas há problemas.
  • A divisão de trabalho é irregular. É fácil encontrar funcionários da mesma seção executando o mesmo trabalho, mas sempre com um ou dois trabalhando mais do que o restante.
  • O único organograma disponível foi elaborado há dez anos.
  • Os três diretores não têm uma formação profissional adequada.
  • Há espaço suficiente para uma melhor distribuição física.
  • Existem funcionários de mesmo nível, e com o mesmo tempo de serviços prestados, percebendo salários bem diferentes. Fala-se em greve (branca, em princípio).
  • O acompanhamento orçamentário é inexistente.
  • Os funcionários reclamam que mais computadores foram comprados e que poucos sabem o que fazer, a não ser utilizar o editor de textos. Dizem que compraram “máquinas de escrever de luxo”.
  • A área de informática diz que o setor de e-commerce apresenta resultados satisfatórios.
  • O conselho de administração não está interessado em buscar a certificação da série ISO 9000 e menos ainda a da série ISO 14000. Os conselheiros dizem que isso é bobagem e que “produto de qualidade é produto de qualidade, e todo mundo vai saber, mais dia menos dia”. “Exportar vai ser muito fácil, basta contratar gente com alguma experiência em comércio exterior” e “Fusão é confusão”, dizem os conselheiros.

Sua tarefa é: coloque-se na posição do consultor e estabeleça as prioridades e ferramentas indicadas para a reformulação. Você pode propor a utilização de qualquer ferramenta, mas justifique com detalhes.

30 comentários sobre “Caso introdutório de análise organizacional

        • Infelizmente, os únicos dados disponíveis são os existentes na descrição do caso (acima). Não há dados que possam ser usados para construção de uma quadro de contexto.

          Mas observe a afirmação em si: A área de informática diz que o setor de e-commerce apresenta resultados satisfatórios. O que você acha disso?

  1. Hoje o dinamismo fala mais alto. O mercado sempre mais exigente, melhores profissionais a disposição e mutação violenta no mundo dos negócios, exige ousadia (“arquitetada”) daqueles que estão envolvidos no empreendimento.

    O 1º ato de progresso dos gerentes do caso acima é assumir que: “…Nossas atuais crenças nos tornam improdutivos e devemos, antes de buscar consultoria, acreditar no novo e diferente…”;

  2. Bom dia. estou no início do curso de osm e o professor ofereceu o case da organização X para trabalharmos individualmente. O problema é que não entendi exatamente o que o exercício pede e o professor está fora palestrando e só volta depois do feriado (data que temos q entregar o trabalho). Será q vc poderia me ajudar?

  3. help. tenho aulas introdutórias de osm a cada 15 dias e para o feriado o professor deixou o case da organização X para resolvermos. o problema é que não entendi perfeitmente o que o exercicio pede, estou perdidinha e para piorar o professor só aolta na semana que vem para recolher o trabalho. vc poderia me ajudar apontando o “norte” do exercicio?

    • Cara Alustriel,

      Quando eu passo esse exercício para meus alunos, quero que eles estabeleça[m] as prioridades e ferramentas indicadas para a reformulação. Você[s] pode[m] propor a utilização de qualquer ferramenta, mas justifique[m] com detalhes.

      Ou seja, que eles definam a seqüência de pontos a serem trabalhados e que ferramentas sugerem para isso.

      Com justificativas, claro!

  4. Companheiro José Luiz, sou professor iniciante na materia de OSM, gostaria de saber se o companheiro tem mais algum material que eu possa utilizar nas minhas aulas.

    • Ellen, como respondi a Alustriel (acima), esse caso é para verificar a desenvoltura dos alunos com os conceitos de OSM.

      Espero que eles definam a seqüência de pontos a serem trabalhados, as ferramentas sugeridas para isso e as justificativas para suas escolhas.

  5. <Este trecho foi ocultado por ser idêntico ao apresentado no post>

    adm-kwasnickaPrever palestras e cursos sobre os temas ISSO e Qualidade como ferramenta competitiva para que as pessoas tenham consciência da importância e necessidade de implementação e abordar temas como comex. Apresentar cases de sucesso de empresas do mesmo setor e dados conclusivos para comparação de resultados no exercício atual.

    Fonte: KWASNICKA, Eunice Lacava. Introdução à Administração. 5. ed., São Paulo: Atlas, 1995

    • Bom dia, Alustriel.

      Curiosa sua descoberta, creio que Eunice Kwasnicka e Luís César Araújo terão que discutir entre si para ver quem copiou de quem e se a cópia foi autorizada…

      Ah! Apesar de não apagar o texto, ocultei parte do seu comentário porque estava muito longo. Basta parar o mouse sobre minha mensagem que o texto original será exibido.

      • Curiosa sua descoberta, creio que Eunice Kwasnicka e Luís César Araújo terão que discutir entre si para ver quem copiou de quem e se a cópia foi autorizada…

        Então, isso é com o meu professor que foi quem colocou o link ao final do texto. Nem sei q livro é esse e qual a ligação dela com o texto hahahahah

        • Pois é, seu professor foi corretíssimo: citou a fonte de onde tirou o texto (o mesmo que fiz).

          Agora, se o texto foi criado por aquele autor(a) ou se foi uma cópia autorizada de outro(a), é outra história, a ser resolvida entre eles…

          Aliás, pesquisei por esse livro de Kwasnicka e gostei do que vi. Tem uns casos interessantes. Creio que vou terminar comprando-o também…

    • Um dos comentários diz que é preciso que a autora Eunice e o autor Luis Cesar decidam quem copiou quem.

      Minha resposta: Eu mesmo elaborei esse caso por volta das 22 horas de um mês qualquer nos anos 80. Ano a ano faço atualizações tentando dar modernidade ao texto. Vale a pena dar uma lida em Teoria Geral da Administração, da Atlas.

      Sei que a Eunice é profissional séria e uma estudiosa. Ela pode ter se esquecido de mencionar. Isso acontece com todos nós, professores.

      NOTA: O caso não tem resposta. É para que os alunos tomem contato com a prática e, principalmente, organização, sistemas e métodos.

      • Prof. Luis Cesar, fico honrado em receber sua visita!

        Fui eu mesmo quem disse que os autores decidiriam a autoria do Caso Introdutório, também creio que tenha sido um simples esquecimento.

        Agradeço também o esclarecimento quanto à inexistência de uma resposta correta (ou “oficial”) para o caso. Os demais comentaristas não acreditavam quando eu dizia isso…

  6. Oi gostei muito desse caso introdutorio, sou estudante de administração e estou no ultimo ano, gostaria de saber quais seriam as ferramentas corretas para mudar esse caso. Agradeço desde ja a atenção, grande abraço!

  7. Caros colegas, alunos e leitores.. achei interessante o fato acima sobre direitos autorais. Sou professor universitário e por diversas vezes tive que fazer uso de material sem citar a autoria, pois esses materiais me chagaram às mãos sem qualquer citação. Na maioria das vezes coloco – autor desconhecido – na esperança de que os autores se façam presentes.

    Abraços
    Prof.:Carlos Henrique

    • Caro Prof. Carlos Henrique,

      De fato, a autoria é um problema recorrente hoje em dia. Tanto é comum encontrarmos textos com autoria incorreta, como sem autoria definida. Nesses casos, creio que sua solução, informar que o autor é desconhecido, é a mais indicada. Tanto, que tomo a mesma providência.

Deixe um comentário: