Breve história do computador

analytical_engine.jpg

Lendo a edição nº 54 (agosto/2006),  da revista Mundo Estranho, encontrei um infográfico contando uma versão breve da história do computador. Não está completo, mas vale como curiosidade e pela linguagem acessível. Como não posso exibir o gráfico aqui, segue pelo menos o texto. Acrescentei alguns pequenos detalhes:

  • 1944 – Mark I – Os primeiros computadores eletrônicos surgiram na mesma época na Alemanha, Inglaterra e nos Estados Unidos, lar do Mark I. Com 4,5 toneladas, ele demorava seis segundos numa multiplicação!
  • 1946 – Eniac – Foi o primeiro computador “multiuso”, os anteriores apenas desempenhavam tarefas específicas, como cálculos de bombardeios em guerra.
  • 1946 – Edvac – Esse “filhote” do Eniac mudou o sistema de armazenamento de dados, trocando o sistema decimal (de 0 a 9) pelo sistema binário (0 ou 1). A mudança possibilitou a criação dos bits de informação.
  • 1947 – Transistor – Os primeiros computadores usavam componentes enormes, as válvulas para guardar informação e fazer contas. O transistor fazia a mesma coisa mas era menor, mais barato e consumia menos energia.
  • 1951 – Leo – As primeiras máquinas eram usadas na guerra ou nas universidades. Isso até a chegada do Leo, empregado numa empresa inglesa de alimentos, a primeira a usar um computador nos negócios.
  • 1953 – Whirlwind – Esse computador era o mais rápido do seu tempo: ele fazia uma multiplicação em 0,025 segundo. Mas ainda era uma carroça. Equivale, hoje, à velocidade de um processador de 1MHz.
  • 1955 – Tradic – Feito para Força Aérea Americana, esse foi o primeiro computador a usar transistores. Com eles, os computadores tornaram-se mais rápidos leves e econômicos.
  • 1958 – Circuito integrado – Com a invenção do CI, vários transistores integrados em uma única peça de silício, aumentou a velocidade das máquinas.
  • 1960 – PDP-1 – Conforme o computador ficava mais versátil, começavam a pipocar novas aplicações para a invenção. E não demorou muito a surgir o primeiro videogame: em 1960, já dava para jogar SpaceWar no PDP-1.
  • 1962 – Atlas – Foi nessa invenção inglesa que apareceu a primeira memória virtual, tecnologia usada até hoje e que permite trabalhar com diferentes programas ao mesmo tempo.
  • 1965 – PDP-5 – Essa máquina foi a primeira a caber em cima de uma mesa, a façanha rendeu-lhe o apelido de minicomputador. “Barato”, ele virou um sucesso comercial, com 300 mil unidades vendidas.
  • 1965 – System 360 – O circuito integrado é incorporado aos computadores nesse modelo da IBM. O desenvolvimento desse componente aumenta a velocidade
    de processamento e o espaço de armazenagem das máquinas.
  • 1968 – Mouse – O americano Douglas Engelbart lançou um aparelhinho chamado “bug” (inseto). Ele não fez muito sucesso até os anos 80, quando ganhou o apelido de “mouse” (camundongo).
  • 1969 – Unix – Sistema operacional multiusuário e multitarefa. Variações dele passaram a ser usadas em computadores de grande porte, em virtude de sua confiabilidade.
  • 1971 – Microprocessador – Com a diminuição dos circuitos integrados, a indústria consegue condensar milhares deles numa única peça, lançando o primeiro microprocessador, o Intel 4004.
  • 1974 – Altair – O microprocessador estreava no mundo dos computadores a bordo de um Altair 8800. Pequena (para a época), essa máquina abriu caminhos para a revolução do computador pessoal.
  • 1975 – Micro-Soft – Dois estudantes americanos, Bill Gates, 19, e Paul Allen, 22, adaptam a linguagem Basic para o Altair. Esse foi o primeiro programa (e primeiro nome) da Microsoft.
  • 1977 – Apple II – Foi o primeiro microcomputador tal como o conhecemos hoje. Pela primeira vez, a máquina tinha um teclado e podia ser ligada em um monitor, no caso, uma TV.
  • 1981 – Disquete de 3 ½” – Em 1976, sugiu o disquete de 5 ¼” (13cm de diâmetro). Em 1981, a Sony lançou o modelo de 3 ½” (9cm de diâmetro).
  • 1981 – IBM-PC – O PC põe a IBM na liderança do mercado de microcomputadores. O preço de 2.820 dólares era mais alto que o dos concorrentes, mas a máquina “bombou”: em quatro meses, foram vendidas 35 mil unidades.
  • 1981 – Xerox 8010 – Para estrear nos computadores, o mouse precisou da primeira interface gráfica, a do Xerox 8010, que permitia interagir com a máquina por meio de imagens na tela (os atuais ícones).
  • 1981 – Osborne 1 – A era dos micros mal havia começado e já surgiu o primeiro computador portátil. Pesava 12 quilos, tinha uma tela de cinco polegadas e cabia numa maletinha.
  • 1983 – Word – A Microsoft de Bill Gates lançou o Word Microsoft Office, primeiro programa do pacote que, em poucos anos, monopolizaria o mercado de programas para escritório.
  • 1984 – Macintosh – A Apple lançou o primeiro computador com mouse e interface gráfica voltado para o uso pessoal. Era fácil de usar e incluía um programa para desenhar.
  • 1984 – Impressora a laser – Primeira impressora a laser compatível com os PCs, a Laserjet começou a desbancar as impressoras matriciais dos anos 70 e as de jato de tinta, também de 1984.
  • 1985 – Windows – O lançamento do Windows trouxe para o PC as vantagens da interface gráfica popularizada pela Apple. Hoje, 90% dos computadores funciona com uma versão desse programa.
  • 1985 – CD-ROM – Surgiram os primeiros CD-ROMs, nova mídia com capacidade para 550MB, 387 vezes a capacidade de um disquete de 3 ½”, mas apenas 12% da dos DVDs, que seriam lançados em 1996.
  • 1986 – Deskpro 386 – A Compaq lançou o Deskpro 386, o primeiro da geração de “clones” do PC da IBM. Seu processador de 32 bits era muito mais rápido que os de 16 bits da concorrente.
  • 1990 – World Wide Web – Desde 1969, um sistema de rede chamado Arpanet era desenvolvido em paralelo aos computadores. Em 1990, com a criação da “linguagem” HTML, a World Wide Web, a parte gráfica da internet, foi oficialmente inaugurada.
  • 1991 – Linux – Em 5 de outubro, Linus Torvalds anunciou a versão 0.02 de um sistema operacional baseado no Minix (versão do Unix desenvolvida para fins educacionais). Esse sistema, depois chamado Linux, hoje, vem se tornando uma “pedra no sapato” do monopólio da Microsoft.
  • 2001 – iPod – A indústria da música foi uma das mais afetadas pela internet. O iPod e outros tocadores de MP3 abriram a possibilidade de ouvir sons baixados da rede em qualquer lugar.
  • 2005 – Micro de 100 dólares – O desafio, agora, é democratizar o acesso aos computadores. Com estrutura simples, o MIT (Massachussets Institute of Technology) propõe um micro que custe 100 dólares. Mas ainda é só um conceito.

33 comentários sobre “Breve história do computador

Deixe um comentário: