Ainda bem!

Eu não disse que logo iriam começar a surgir as críticas ao iPhone? Eis mais uma, do Usabilidoido. E muito bem fundamentada! Mostra, inclusive, respostas de concorrentes ao protótipo da Apple!

Como nada é perfeito, o iPhone tem que ter defeitos. Então, as críticas diminuem o frenesi, trazem as coisas de volta à realidade e contribuem para o aprimoramento do produto.

Afinal, o iPhone será superado um dia (não sei quando). E, quando isso ocorrer (ocorreu com todos os equipamentos que vieram antes dele e continuará ocorrendo com os que vierem depois), não será sinal de fracasso.

O principal feito de qualquer nova tecnologia não é ser o “equipamento definitivo”, mas mostrar aos concorrentes que existem outros caminhos a serem trilhados, tirando-os da mesmice. Permitindo a evolução.

Deixe um comentário: