Acho que estou ficando velho…

vergonha_2.jpg

Envelhecer é engraçado. Não pelo processo de envelhecimento, mas pela forma como nossa visão do mundo muda com o tempo.

Meu pai sempre diz que “conhecimento é tão importante, que é a única coisa que não podem tomar de você”.

Quando jovem, pensava que ditados assim eram “piegas e chatos”. À medida que estou envelhecendo (e apanhando da vida), vou notando que não é bem assim…

Um dez no histórico é maravilhoso, mas não é por ele que você manterá o emprego. Seu cliente, seu patrão e seu concorrente estarão mais preocupados com o que você sabe e não com a nota que você recebeu. Li um texto, essa semana, sobre isso.

Os alunos reclamam, cada vez mais, demandando formas mais modernas de ensino. Mas não creio que todos estejam prontos para isso. Muitos estão mais preocupadas em conseguir “meio ponto” do que em aprender o assunto. Talvez por isso, tenhamos tantos maus profissionais aí fora. Muitos deles com históricos escolares invejáveis, mas bagagem de conhecimento…

E por que acho que estou ficando velho? Por causa de um fato que ocorreu recentemente: uma aluna exigiu uma determinada nota.

Nunca tratei uma pessoa com mais experiência profissional que eu, que já tinha obtido o grau que eu desejava, e disposta a ajudar-me a consegui-lo também, com tamanha grosseria. Para dizer a verdade, acho que nunca tratei ninguém daquela forma.

No início fiquei irritado. Há alguns anos, teria passado-lhe uma descompostura. Foi aí que entrou a idade: apesar da decepção (essa mesma pessoa havia pedido que abonasse uma falta em virtude de “problemas pessoais”) busquei ficar o mais sereno possível. O mais educado que consegui.

Dizem que a melhor forma de aprender é por experiência própria: vou deixar que a vida lhe ensine…

4 comentários sobre “Acho que estou ficando velho…

  1. Na minha opinião velhice é uma frustração…pq junto a ela vem as responsabilidades…queria eu voltar a ter meus 13 anos e jogar toda essa papelada para o alto…E feliz de quem aprende com os erros dos outros…

    • Também queria voltar aos meus 13 anos. Quando minha maior preocupação era o colégio… Hoje, tenho várias outras e todas mais complicadas!

      Quanto a aprender, é verdade: feliz de quem aprende com os erros dos outros. Infelizmente nem todos conseguem isso. Para esses, principalmente os grosseiros, resta apenas aprenderem da forma mais difícil: sozinhos…

Deixe um comentário: